sexta-feira, 21 de agosto de 2009

SOBRE REFLEXÕES REVOLUCIONÁRIAS E FINADOS ÍDOLOS POP

Determinado tipo de coisa, mesmo em dias onde não se tem tempo sequer para respirar, quando chega ao nosso conhecimento, diria eu que nos {me} fazem refletir bastante acerca da flexibilidade da ponta do rabo da largat...rs

Afinal de contas, não é todo dia que se ouve no rádio que um(a) vereador(a) de Salvador, muito sensibilizado(a) com a vinda - há somente cinco mil novecentos e quatrocentos e quinhentos {13} anos - de Michael Jackson (in memorium) ao Brasil, elaborou a mangífica proposta de "condecorar" o finado com o ilustre título de CIDADÃO SOTEROPOLITANO. Mas é evidente que uma informação dessa comove qualquer cristão...

Não acaba por aí. Uma vez que o agraciado com o título cometeu o despropósito de de "ir-se", o jeito seria conceder o título, EM SEÇÃO SOLENE, a algum intermediário. Por que não a algum membro da família? Afinal de contas, em algum dia da existência dos Jackson's seria necessário que descobrissem o que significa América Latina, BRASIL, NORDESTE, BAHIA e SALVADOR... Com toda a certeza, seria uma experiência de magnitude insuperavel!

Dizem que o finado tinha umas criancices acolá... Acredito até que "pegaram na merda" ao prometerem esse título. O cadáver há de estar em incontroláveis chiliques e birras querendo a condecoração (uma coisa trágica e trash como um filho de rico no supermerdado... Até porque na QUIN-TAN-DA da pobrada não tem espaço no chão pra criança pobre ficar rodando e pulando.) Rápido! Chamem a Super Nani do inferno para ensinar boas maneiras infantis ao cinquentão!

"MÃE, EU QUERO BRÓCOLIS!!!"

Eu, por exemplo, acredito que não tenha sido uma falta de educação do finado ao "sair à fancesa" ANTES do "evento". No mínimo, era preciso algum aviso prévio...! Quem sabe, assim, ele resolvesse "adiar" a partida para depois? Deve ser tão mais musical morrer sendo baiano... No mínimo os "anjos" que o conduziriam ao "next level" tocariam berimbau pra ele... Depende. O berimbau seria se ele fosse para o céu. Se o cão viesse buscá-lo, garanto que seria em cima de tum trio elétrico...

"...me leva que eu vou, soonho meu..."

Tá, é humanamente impossivel {ou não} uma criatura passar todo um dia pensando em escrever esse tanto de besteiras... O que REALMENTE me fez refletir bastante (aqui empregado só no sentido de "enfatizar". Até porque para compreender {e saber} o que você vai ler agora não é necessário nem meio neurônio. Nós, BRASILEIROS, desde que nascemos já sabemos disso:)

COMO UM TRABALHADOR QUE GANHA SEUS MIL'S {e olhe lá} SE PRESTA A UM SERVIÇO DESSES? NÃO É POSSÍVEL QUE OS PROBLEMAS COMO A FOME, O DESEMPREGO, A MISÉRIA, A SAÚDE, A EDUCAÇÃO, A DISTRIBUIÇÃO DE RENDA, A DISTRIBUIÇÃO DE TERRAS, A PROSTITUIÇÃO, AS DROGAS, A MORTALIDADE, A SEGURANÇA, (...) ESTEJAM, COMPLETAMENTE SANADOS A PONTO DE OS ""HOMENS-DO-PODER"" SE REUNIREM {quando se reunirem} PARA TOMAR CHÁ DAS 5, OLHAR PRO TETO E ELABORAR PROPOSTAS COMO A DE CONDECORAR UM DEFUNTO QUE GRAVOU UM CLIP NA FAVELA HÁ 13 ANOS E QUE NÃO MUDOU ABSOLUTAMENTE NADA NA VIDA DE ZÉ NINGUÉM E É TRATADO COMO SANTIDADE.


O que me admira, e revolta, é a seriedade com que eles debatem essas futilidades. Dia desse decidiram que pra ser jornalista não é preciso ter diploma. (Me diz, QUEM liga pra isso? Tem alguém morrendo por aprimorar suas técnicas fazendo o curso? Depois tem essa porrada de gente desqualificada que não sabe fazer uma entrevista e "ninguém" sabe de onde veio.) Outro dia, ainda, antes de morrer, um deputado acolá, lançou a proposta dos enteados receberem, legalmente o sobrenome dos padrastos, em nome do laço fraterno que, fortemente, os liga. (Agora me digam: O que é um nome? O que é um PAPEL? É REALMENTE necessário, para que ambos confirmem "votos de amor eterno, até que a morte os separe" que troquem SOBRENOMES? Qualé? Né nem casamento!!)

Nosso ilustre presidente, não pode ficar JAMAIS atrás. Uma verdadeira legião de pessoas envolvidas e engajadas em coletar um milhão de assinaturas em prol de tentar salvar a amazônia, após conseguirem o mais difícil que foram as assinaturas, não conseguiram marcar uma única meia horinha com o governante para entregar o pedido de um milhão de pessoas. Tiveram de pensar em fazer vigília em frente ao palácio pra ver se o cara recebia as assinaturas "pra ontem" e resolvesse CUMPRIR A LEI. Agora, quando o assunto é CÚRINTHIA, em cerca de 5 segundos o camarada arranjou uma brechinha na "atribulada agenda presidencial" para pedir que o vôo com os jogadores fosse desviado para Brasília, onde a "social presidencial" seria mais fácil de ser feita. Será que é de LASCAR? Que nada, tudo isso é fichinha...

\o (Y) o/

É por essas e outras que eu digo:

Se um dia eu for presidente desse país, demito TODOS os vereadores, todos os secretários, sub-secretários, acessores, deputados distritais, federais, nhanhanhais. TODO MUNDO DÉ-METIDO. Deixo só um governador em cada estado e um prefeito em cada cidade (cada um ganhando um salário mínimo). O senado / congresso / palácios? Rá, vira tudo cabaré (só que dessa vez, OFICIALMENTE. Tanto que quem for administrar não vai sentir nem diferença entre passado-presente.) aí sim o Brasil será uma potência mundial e crescer como ninguém.

Leia a notícia-inspiradora na íntegra.




5 comentários:

Andrea disse...

Não sei se falo o que me passa na cabeça porque talvez eu esteja enganada como no último e-mail que eu lhe escrevi. Mas, o que ocorre é que talvez as suas palavras tenham um peso maior do que elas realmente deveriam ter.
O que me diz?

murilo disse...

Uai, sei lá. As vezes eu acho que você leva muito a sério as besteiras que eu escrevo. Errada em que sentido? Por que você estaria errada no último e-mail?

Andrea disse...

Na verdade, é um pouco defeito meu: eu levo as pessoas a sério.

Andrea disse...

Além disso, não era isso que você procurava: alguém que te levasse a sério?

Rianne disse...

eh... uma revolta que todo e qualquer brasileiro apresente mais soh os doidos(pq com doido n se discute) ou os corajosos que têm coragem de falar!